9 de jan de 2013

Cultura e turismo entram no plano de 100 dias da Prefeitura Municipal de Manaus-AM

Inês Daou já trabalha na programação de Carnaval da cidade- foto: divulgação
Inês Daou já trabalha na programação de Carnaval da cidade- foto: divulgação
A programação cultural e turística de Manaus também entrou no plano emergencial de 100 dias da nova administração municipal. Inicialmente, a Manauscult vai realizar um mapeamento dos pontos e equipamentos turísticos e culturais da cidade.
A ideia é trabalhar juntamente com as demais secretarias e com órgãos municipais em parcerias específicas - como a que inclui a limpeza e segurança da área portuária para melhor servir a temporada de cruzeiros, que se estende anualmente até abril.
Em relação à catalogação e mapeamento dos pontos turísticos e culturais, a diretora-presidente da Manauscult, Inês Lima Daou, destacou ser necessário um estudo mais aprofundado sobre o patrimônio histórico e o produto turístico que poderá ser oferecido.
"Não basta listar um prédio ou edificação. Podemos, além disso, oferecer aos turistas o que há de valor imaterial, como os costumes e tradições locais", observou.
Outro ponto da agenda de trabalho da Manauscult no Plano de 100 dias é o reposicionamento da administração municipal junto ao segmento turístico, balizando o início de um novo ciclo e estimulando a realização de ações em parcerias com o governo estadual e com a iniciativa privada.
No setor da Cultura, a Manauscult irá abrir os editais para os artistas que pretendam utilizar os espaços ligados à Prefeitura, como o Café Teatro, instalado na avenida Sete de Setembro, que terá uma programação musical fechada para o ano inteiro; o Parque Ponte dos Bilhares, que passa a ser administrado pela Agência de Cultura, Agecult, e a Praça de Alimentação do Dom Pedro.
O Parque Cidade da Criança, localizado na avenida André Araújo, que era administrado pelo Instituto de Planejamento Urbano ( Implurb) passa a ser administrado e ter a programação coordenada pela ManausculT. Funcionando em horário normal, o espaço irá ganhar uma programação lúdica a partir da segunda quinzena de janeiro para que a criançada possa aproveitar as férias.
Após concluída a obra, o Paço Municipal vai se tornar um movimentado centro cultural, com exposições e eventos artísticos. A proposta é apresentar uma programação diferenciada que agrade à população e também aos turistas.
No segmento de eventos, a preocupação inicial é com o repasse de verbas que deverá ser feito às agremiações, para o desfile de Carnaval deste ano. "As escolas de samba e os blocos de rua também estão incluídos em nossa programação inicial de trabalho", observou Inês Daou.
matéria extraida do portal www.emtempo.com.br

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © . ODTUR - Otavio Demasi: Turismo e Políticas Públicas - Posts · Comments
Theme Template by BTDesigner · Powered by Blogger