31 de jan de 2014

ABANDONO DOS MONUMENTOS CULTURAIS, HISTÓRICOS E ARTÍSTICOS DE SÃO VICENTE-SP

Do Editor- Lamentávelmente o Governo Estadual SP nos últimos quatro mandatos, acabou vendendo os Hotéis do Estado a iniciativa privada. Eles poderiam ser muito bem usados como Centro de Formação Hoteleira e além de dos Balneários, que deixaram de ter função importantissima de pesquisa e de Termalismo Social. Acabram com o Fumest e criaram o DADE e com a falta de conscientização turistica e de politicas públicas, tal dinheiro que é carimbado na Constituição, para as Estancias é diluido em obras que na maioria das vezes nada tem a ver com o apoio de infra-estrutura, visando atrair mais correntes turísticas. Sem desprezar a potencialidade e vocacação das chamadas Estancias Turísticas, isso é uma excrecencia a legislação das Estancias Hidrominerais, Balneárias e Climáticas. Dou um exemplo, a cidade de São Paulo se enquadra na lei e deveria ser ESTANCIA TURÍSTICA, mas não é. A montanha de dinheiro carimbado, vão para obras que pouco ou nada dizem com o reforço a estrutura turística, urbanistica, de conservação dos monumentos, de formação de mão-de-obra. As obras nas Esgtancias, podem e devem obter recursos da Secretaria análogas como TRansporte, Saneamento, Obras, entre outras. Lamentavelmente nos ultimos 40 anos o Estado de São PAulo, nunca teved politica marcro economica e de sustentabilidade visando o desenvolvimento turístico. Eswtamos abertos a todas as reivindicações das comunidades. Vamos a luta.
O ABANDONO DOS MONUMENTOS: Campanha Salvem o Ipupiara!!!
Por..:: Renato Marchesini
 
 
O município de São Vicente SP, a primeira cidade do brasil, fundada em 22 de janeiro de 1532, que acaba de completar 482 anos, possui um rico e variado acervo histórico cultural e artístico, mas lamentavelmente estão abandonados. Precisamos urgentemente do apoio e colaboração de nossos políticos (prefeito e vereadores) e chefes de órgãos de cultura, turismo e obras. Precisamos de vocês o interesse e empenho pela preservação e manutenção dos monumentos históricos, culturais e artísticos da cidade.
O Monumento e a Lenda do Ipupiara é um dos grandes atrativos da cidade, que encantam os moradores e turistas que vêm à cidade. Por falta de segurança, cuidados e manutenção, está entregue à deterioração e vandalismo. O rabo e os dedos do Ipupiara foram quebrados, está manchado de tinta amarela no peito, a pequena lagoa a muito tempo não possui a água e os belos peixes que antigamente ali viviam. A placa de sinalização turística está torta e com o adesivo da explicação todo rasgado.
..:: A Lenda
Conta a lenda brasileira que, em São Vicente, no ano de 1564, a linda escrava índia Irecê, ao ir à praia, à noite, para um de seus furtivos encontros com o jovem Andirá, que vinha do continente de canoa, deparou com um animal marinho gigantesco, com cerca de três metros de altura, com uma grande cabeça, bigode, braços longos, dentes pontiagudos e pés de nadadeiras. Irecê encontrou a canoa de seu amado no mar, vazia.
Esse animal, descrito como a “Curupira” – o fantasma do mar – foi morto pelo Capitão Baltazar Ferreira, assistente do Capitão-Mór, que acudiu ao clamor de Irecê e, enfrentando o animal como sendo IPUPIARA – o demônio da água. Diziam que ele habitava o espaço entre a velha “Casa de Pedra” (primeira construção de alvenaria do Brasil) e a Praia de São Vicente (Gonzaguinha).
O fato, misto de horror e fantasia, teria sido comentado por todo o Brasil e até por estrangeiros de vários países. Entretanto, ninguém jamais falou da única vítima presumível do Ipupiara Vicentino: Andirá, que deixou para trás sua canoa solitária à beira-mar e o coração partido de Irecê.
Como toda lenda, a do Ipupiara parte de algumas premissas verdadeiras. Estudiosos e historiadores entendem que o tal monstro não passava de um leão marinho, desviado pelas águas frias do inverno que, desavisado, veio parar nas praias brasileiras.
Coisas e contos da Vila de São Vicente, a 1ª do Brasil.
.:: Metas
Sempre divulgamos as belezas da cidade, porém estaremos aos poucos publicando matérias com fotos dos monumentos da cidade, que, em sua totalidade, encontram-se abandonados, sem a manutenção ou cuidados adequados.
Esperamos que esta e outras ações ajudem a conservar e sensibilizar a população, turistas e gestores municipais da importância da preservação e conservação dos monumentos culturais, históricos e artísticos de São Vicente e Região.
Pedimos aos amigos, munícipes, turistas, gestores municipais, jornalistas e outros que compartilhem, divulguem e colaborem ao máximo este nosso pleito.

Amor por São Vicente!!!
Renato Marchesini
Gestor de Projetos - Caiçara Expedições
email: renato@caicaraexpedicoes.com
site: www.caicaraexpedicoes.com
blog caiçara: www.blogcaicara.com
facebook: www.facebook.com/caicaraexpedicoes.fanpage
twitter: @caicaraexp
tel: (13) 3466.6905 - cel: (13) 9 8113.4819

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © . ODTUR - Otavio Demasi: Turismo e Políticas Públicas - Posts · Comments
Theme Template by BTDesigner · Powered by Blogger