31 de mar de 2014

Florianópolis - SC finaliza inscrição na Rede de Cidades Unesco da Gastronomia

A capital catarinense está oficialmente inscrita na Rede Mundial de Cidades Criativas da Unesco, categoria Cidades da Gastronomia. Toda a documentação foi finalizada e encaminhada dentro dos prazos à Unesco, em Paris. A expectativa do grupo que viabilizou a inscrição, no qual a FloripAmanhã atuou por dois anos, é que até o início do segundo semestre deste ano Florianópolis possa integrar o seleto grupo de 41 cidades que reconhecem e apoiam a criatividade como uma estratégia impulsionadora do desenvolvimento sustentável, por meio de parcerias mundiais entre múltiplas partes interessadas.




“Já fomos comunicados de que a documentação entregue cumpre com todos os padrões exigidos pela organização e que a Unesco já iniciou o processo de avaliação da inscrição de Florianópolis. A segunda etapa é aguardar pela visita dos consultores da organização à cidade, que vão verificar a veracidade das informações prestadas e avaliarão a culinária dos restaurantes indicados no dossiê”, explica a vice-presidente da FloripAmanhã, Anita Pires, uma das idealizadoras e líderes do Projeto Florianópolis Cidade da Gastronomia.
Os restaurantes que receberão os consultores da Unesco foram recomendados em diferentes categorias, para representarem os diversos nichos gastronômicos da região. As visitas serão acompanhadas por representantes das instituições envolvidas no processo de inscrição de Florianópolis. A Associação FloripAmanhã está trabalhando neste projeto em parceria com a Prefeitura por meio da Secretaria de Turismo, Abrasel-SC, Sebrae Grande Florianópolis e SHRBS (Sindicato de Hotéis Restaurantes Bares e Similares de Florianópolis).
A FloripAmanhã enviou cartas aos prefeitos das Cidades Unesco da Gastronomia, que já se posicionaram em apoio à inclusão de Florianópolis na Rede de Cidades Unesco da Gastronomia. O consultor do projeto, Eduardo Barroso, esclarece que “um dos requisitos da Unesco era justamente que as cidades Popayán (Colômbia), Zahlé (Libano), ChengDu (China), Jeonju (Coréia do Sul) e Östersund (Suécia) dessem aval favorável para a capital catarinense, já que deve haver cooperação e intercâmbio cultural entre as cidades”.
O prefeito da capital, Cesar Souza Junior, em Ofício à UNESCO, expressa “o interesse em participar do Programa, em regime de colaboração com outras cidades da rede interessadas no desenvolvimento das indústrias criativas e seu potencial indutor para a melhoria da qualidade de vida urbana”.
Para Anita Pires, ser uma Cidade Unesco da Gastronomia será um grande avanço para Florianópolis, que vai se estabelecer como importante destino nacional e internacional de eventos. “Estamos sendo muito ousados correndo atrás deste selo, que vai incrementar o setor turístico-gastronômico local. Agora nos resta aguardar com otimismo e confiança, finaliza.
A expectativa é que até o início do segundo semestre de 2014 a UNESCO avalie toda a documentação da candidatura, assim como os relatórios dos consultores, e defina se Florianópolis vai integrar a Rede Mundial de Cidades Criativas.
As se juntarem à Rede de Cidades Criativas, os novos membro se comprometem a trabalhar em conjunto e compartilhar recursos como outras Cidades da UNESCO para promover a criatividade, reforçar a participação na vida cultural e integrar a cultura nos planos locais de desenvolvimento.
www.floripamanha.org.br

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © . ODTUR - Otavio Demasi: Turismo e Políticas Públicas - Posts · Comments
Theme Template by BTDesigner · Powered by Blogger