29 de set de 2014

Paraíba novamente recebe o Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade

Defender

Pelo terceiro ano consecutivo, a Paraíba é beneficiada pelo Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade. Desta vez, a Associação Cultural de Zabelê – Ascuza levou o prêmio na categoria “Iniciativas de excelência em promoção e gestão compartilhada do Patrimônio”, com a ação “Memórias e colaborações através do audiovisual”.
A cidade de Zabelê, situada no cariri paraibano, traz consigo a peculiaridade de ser pequena, mas possuir uma vasta riqueza cultural. O município tem uma história composta por muitos saberes, tradições e particularidades. Podemos destacar um tipo de artesanato característico da região: a Renda Renascença. O bordado, que mistura delicadeza, harmonia e complexidade, é fonte de sobrevivência de muitas mulheres zabelenses. Elas realizam o trabalho de forma singular e são auxiliadas por diversas associações locais, que tentam garantir seus direitos e facilitar o contato com comerciantes de grandes centros.


Outra tradição muito cultivada e reverenciada entre a população de Zabelê é o Reisado. Comemorado em diferentes localidades no período natalino, o ato popular é feito sem datas específicas na cidade. Criado em 1919, o Reisado de Zabelê voltou a ser celebrado recentemente graças a ações da Ascuza. É famoso por mesclar ritmos como baião e valsa, além de trazer personagens e figuras famosas do folclore que contam histórias e enriquecem ainda mais o espetáculo. As fantasias são um elemento à parte: produzidas com fitas de seda, lantejoulas, espelhos e outros adereços, garantem um visual especial a todos os brincantes. E a descrição do folguedo não estaria completa se não fossem citadas as cantigas que, executadas durante as apresentações, tratam de variados temas, como religiosidade e a vida do sertanejo.
As manifestações da cultura popular de Zabelê também se estendem aos ofícios dos vaqueiros. O aboio é um canto entoado enquanto se conduz o gado e não se restringe às pastagens. Os aboiadores frequentemente se apresentam junto de boiadeiros e cantores de forró em cidades espalhadas pelo Brasil. Somadas a esse canto, estão as vestimentas típicas, produzidas em couro, igualmente utilizadas na Pegada de Boi, festa característica das regiões do Cariri paraibano.
Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade
Promovido pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) desde 1987, o Prêmio Rodrigo Melo Franco de Andrade tem a finalidade de premiar ações de excelência, em nível nacional, em prol da preservação e valorização do patrimônio cultural brasileiro. Nas edições anteriores, a Paraíba foi premiada com as ações “Museu do Patrimônio Vivo de João Pessoa”, do Coletivo Jaraguá (2013); “Oficina de Salvaguarda e Restauração: Areia e seus Museus”, da Associação dos Amigos de Areia (2012); e “Programa Integrado de Preservação do Patrimônio Cultural de João Pessoa”, da Prefeitura Municipal de João Pessoa (2009).
Veja a divulgação do resultado dos vencedores do ano de 2014 no link abaixo:
http://portal.iphan.gov.br/portal/montarDetalheConteudo.do?id=18539&sigla=Noticia&retorno=detalheNoticia
www.defender.org.br 

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © . ODTUR - Otavio Demasi: Turismo e Políticas Públicas - Posts · Comments
Theme Template by BTDesigner · Powered by Blogger