28 de out de 2014

Bogotá- Colombia sediará a Rio+20

Representantes da prefeitura e da ONU apresentaram Bogotá como a sede mundial dos “Diálogos de Alto Nível sobre Cidades, Transporte e Turismo Sustentável” no segundo aniversário da Cúpula “Rio+20″.
Por Redação
Bogotá foi a escolhida pelas Nações Unidas como sede para acompanhamento dos objetivos da Rio+20 por seu compromisso no combate às mudanças climáticas e suas conquistas no desenvolvimento sustentável nos últimos anos.


A capital colombiana  lidera projetos de transporte sustentável, como um de táxis elétricos e a frota de ônibus híbridos da Transmilênio. O secretário-geral do Fórum Global de Assentamentos Humanos (GFHS, sigla em inglês), Lu Haifeng, declarou que Bogotá foi escolhida como cidade anfitriã por demonstrar “suas conquistas em relação ao desenvolvimento sustentável”.
Para o secretário-geral, um pré-requisito para erradicar a pobreza e melhorar a eficiência dos recursos para garantir o desenvolvimento sustentável é transformar “as cidades mais verdes” e conseguir que “o transporte urbano e turismo sejam mais sustentáveis”: “Nestes últimos anos, Bogotá demonstrou suas conquistas e boas experiências em relação ao desenvolvimento sustentável”, apontou Haifeng,
Para o prefeito de Bogotá, Gustavo Petro, a escolha foi justa: “Fomos os líderes da construção de redes de cidades que se aglutinam ao redor das tarefas da mudança climática”, acrescentou Petro.
Um de seus programas durante a campanha foi o “Plano de Desenvolvimento Distrital: Bogotá Humana 2012-2016″, que estabelece políticas públicas para “a adaptação à mudança climática” e a redução dos gases efeito estufa.
Petro também chegou a ser destaque mundial no final do ano passado ao ser destituído arbitrariamente por um procurador-geral colombiano, por defender uma renovação de coleta de lixo e reciclagem na cidade e por ter batido de frente contra as empresas ligadas aos filhos do ex-presidente conservador, Álvaro Urbie.
texto http://www.revistaforum.com.br/  foto  http://www.colombialibre.org/

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © . ODTUR - Otavio Demasi: Turismo e Políticas Públicas - Posts · Comments
Theme Template by BTDesigner · Powered by Blogger