29 de out de 2014

Falta de chuva prejudica turismo em municípios do Circuito das Águas-SP


Em Serra Negra, fontes de água secaram por causa da estiagem.
Já na cidade de Socorro, esportes em rio foram suspensos.

Do G1 Campinas e Região
O longo período de estiagem tem prejudicado o turismo nas cidades da região de Campinas (SP) que compõem o Circuito das Águas. Estâncias e pousadas registram queda na procura e parte das atrações estão fechadas por tempo indeterminado, já que dependem exclusivamente de água. As fontes de Serra Negra (SP) secaram e os esportes radicais, tradicionais em Socorro(SP), foram suspensos.
A fonte medicinal Santo Agostinho, uma das mais famosas e visitadas em Serra Negra, não tem água há dois meses, o que assusta tanto os moradores quanto a economia que depende do turismo. "Eu estou aqui por causa das águas, logo não adianta nem ficar aqui mais", relatou o aposentado Celso Genaro.
Outros pontos da cidade, como a fonte Nossa Senhora de Lourdes e Menino Jesus de Praga, estão com fluxo de água baixo e há a possibilidade de secar. O motorista Willian de Oliveira só vê uma solução. "Todo dia a gente pede chuva", afirmou.
Menos turistas
Já em Socorro, os esportes radicais como o rafting e o boia cross foram cancelados por tempo indeterminado. De acordo com o empresário Sebastião Ginghini, as atividades pararam por causa do nível do rio. "Esses esportes todos precisam de muita vazão para que tenha emoção, se não fica sem graça", explicou.
Com os cancelamentos, as opções se tornam arvorismo e tirolesa, mas as estâncias e pousadas sentem a baixa procura dos últimos meses. Em uma pousada do município, o número de turistas caiu 30% em dois meses.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © . ODTUR - Otavio Demasi: Turismo e Políticas Públicas - Posts · Comments
Theme Template by BTDesigner · Powered by Blogger