2 de abr de 2015

Ministério da Defesa apoia hidrovia no Rio Madeira -AC e AM


Em sua terceira visita à Amazônia desde que assumiu a pasta, o ministro da Defesa, Jaques Wagner, anunciou apoio à implementação da Hidrovia do Rio Madeira, que cortará os estados de Rondônia e do Amazonas.


Reprodução
Ministro participou da cerimônia de entrega do Navio Hidroceanográfico Rio Branco no estado do Amazonas. Evento aconteceu nesta quartaMinistro participou da cerimônia de entrega do Navio Hidroceanográfico Rio Branco no estado do Amazonas. Evento aconteceu nesta quarta
Orçada em R$ 40 milhões – preço equivalente a apenas 40 km de rodovia -, a hidrovia terá uma extensão de 1.076 km. Jaques Wagner acredita que o momento é adequado para o governo federal investir no transporte hidroviário. "O custo do transporte nas hidrovias é mais barato e na Amazônia não temos estradas", disse o ministro.

Wagner anunciou que articulará junto a outros ministérios apoio à Marinha do Brasil para a realização das quatros fases necessárias para a implementação da hidrovia: levantamento hidrográfico, produção de carta náutica, sinalização e dragagem dos pontos críticos do leito dos rios.

Na Estação Naval do Rio Negro (AM), o ministro participou da cerimônia de entrega do Navio Hidroceanográfico “Rio Branco”. Com investimentos de R$ 48 milhões em equipamentos, a embarcação desenvolvida pela Indústria Naval do Ceará (Inace) irá aumentar a segurança da trafegabilidade dos rios amazônicos.

A entrada em operação do “Rio Branco” deve baratear os custos de transporte na região. Atualmente, para navegar de Manaus a Tabatinga, é necessário a contratação de uma lancha ao custo de R$ 60 mil.

Embarcação desenvolvida pela Indústria Naval do Ceará irá aumentar a segurança da trafegabilidade dos rios amazônicos

Fonte: Ministério da Defesa

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © . ODTUR - Otavio Demasi: Turismo e Políticas Públicas - Posts · Comments
Theme Template by BTDesigner · Powered by Blogger