26 de jul de 2015

Década Internacional de AFRO descendentes - ONU- Governo Brasileiro





A Década Internacional de Afrodescendentes é oficialmente lançada no Brasil,  durante a abertura do Festival da Mulher Afro-Latino-Americana e Caribenha. Com o tema “Reconhecimento, Justiça e Desenvolvimento”, a Assembleia Geral das Nações Unidas proclamou o período de 2015 a 2024 como a Década Internacional de Afrodescendentes. O evento, realizado em Brasília, conta com a presença do coordenador residente do Sistema das Nações Unidas do Brasil, Jorge Chediek, entre outras autoridades.
Seu objetivo principal é promover o respeito, a proteção e a realização de todos os direitos humanos e liberdades fundamentais dos povos afrodescendentes, como reconhecidos na Declaração Universal dos Direitos Humanos.
Segundo a ministra da Secretaria de Políticas de Promoção da Igualdade Racial, Nilma Lino Gomes, “a Década é uma oportunidade para que os países reflitam e proponham medidas para a superação do racismo, de forma a promover a inclusão e a igualdade racial”.
A Década é também uma oportunidade para reconhecer a contribuição significativa dos povos afrodescendentes às nossas sociedades, bem como propor medidas concretas para promover sua inclusão total e combater todas as formas de racismo, discriminação racial, xenofobia e qualquer tipo de intolerância relacionada.
No evento de lançamento, é apresentada a vinheta da Década Internacional de Afrodescendentes, que abrirá todos os filmes do Festival, e a plataforma da Década – www.decada-afro-onu.org – onde é possível acessar informações completas sobre a Década Internacional de Afrodescendentes, incluindo vídeos, fotos, notícias e eventos, no Brasil e em diversos países do mundo.
A Década Internacional de Afrodescendentes foi proclamada pela Resolução n° 68/237 da Assembleia Geral e será observada entre 2015 e 2024, proporcionando uma estrutura sólida para as Nações Unidas, os Estados-membros, a sociedade civil e todos os outros atores relevantes para tomar medidas eficazes para a implementação do programa de atividades no espírito de reconhecimento, justiça e desenvolvimento.
Festival Latinidades
O Festival da Mulher Afro-Latino-Americana e Caribenha (Festival Latinidades) – que acontece no Cine Brasília de 22 a 26 de julho – é o maior Festival de Mulheres Negras da América Latina. O tema deste ano é Cinema Negro e tem por objetivo debater o protagonismo e a representação das mulheres negras no cinema, colocando-as no centro das discussões sobre políticas públicas para o audiovisual.
Criado em 2008 para comemorar o Dia da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha (celebrado em 25 de julho), o Festival está na 8ª edição e discute temas relacionados à superação das desigualdades de gênero e raça, colocando a cultura negra da diáspora em visibilidade.
http://www.brasil.gov.br/cidadania-e-justica/2015/07/onu-e-governo-federal-lancam-decada-internacional-de-afrodescendentes

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © . ODTUR - Otavio Demasi: Turismo e Políticas Públicas - Posts · Comments
Theme Template by BTDesigner · Powered by Blogger