27 de ago de 2015

De 2008 a 2014 os brasileiros gastaram no exterior 130 bilhões de dólares. É fundamental fortalecer o turismo interno e buscar turistas no exterior,onde for mais aconselhável.


GASTOS NO EXTERIOR
Em US$ bilhões
4,725,768,2110,9610,916,4221,2622,2324,9825,620052010051015202530
Fonte: BC
Imaginem o quanto nosso país teria  lucrado e redistribuido renda e gerado mais empregos, se os130 bilhões de dólares gastos no exterior de 2008 a 2014, tivessem circulado dentro de nossas fronteiras. Criou-se riqueza interna, melhorando a qualidade de vida dos brasileiros e fomos enricar países em todas as partes do mundo, por entre outros motivos, falta de fortalecimento e de politicas públicas em todas as esferas de governo, por falta de sensibilidade e criatividade dos mais interessados nessa dinheirama toda que são os empresários, ligados direta e indiretamente ao setor e a enorme dependencia cultural de nossa formação histórica de que tudo no exterior é melhor e mais bonito e mais barato. Nos esquecemos ainda, o quanto foi pilhado durante séculos pelos colonizadores que por aqui aportaram e por todos colonizadores ao redor do mundo criando estruturas urbanas, educação aprimorada, etc., com tais riquezas acumuladas, retiradas dos inúmeros pontos de colonização ao redor de nosso planeta.
Cabe a cada turista que se deslocou do país ao exterior em viagem turística, gastar seu dinheiro onde bem lhe aprouver, mas  algo está faltando em toda a engrenagem de dinamização  do turismo nacional, que não  criou situações e mecanismos que possibilitassem a esse contingente vivenciar o seu país.Faltou planejamento, logística, ações macro de políticas públicas, de divulgação e de amarração entre todos os interesssados em vender os inúmeros produtos e serviços turísticos. União e determinação política, no lugar dos interesses políticos. Não é qualquer país que assiste seu povo torrar 130 bilhões de dólares em 8 anos e tudo fica na mesma.
A total falta de conscientização e sensibilização de todos brasileiros de todas as idades e todas as classes sociais e economicas pela dimensão turistica de seu país é brutal e gritante, e aliado ao processo colonialista cultural, que vai das chamadas altas elites, passando assim por mimetismo  a todas as camadas da população, que com isso, talvez até sem saber, queima seus empregos, desequilibra a balança de pagamentos, além de inundar o país por muitas vezes com superfluos e quinquilharias, dá guarida a essa gastança.
O que mais acinta é que esses milhares de turistas, se quer ao menos, levaram uma lembrança cultural de seu país ao exterior,a imensa maioria  desconheçe o seu país e no exterior não sabe falar nada sobre sua cultura, meio ambiente que possam cativar possiveis turistas estrangeiros a virem ao Brasil. Imaginem a propaganda boca a boca que poderia ser feita se o conceito de vira-lata cultural estivesse extirpado em nosso país.
Lastimáel,ver por mais de quatro décadas como profissional,as nomeações feitas em todo o país de pessoas totalmente neófitas ao setor, idealizando ações cunhadas de turisticas, que não agregam nada no contexto macro.
Essa quebradeira internacional, pode ser o momento decisivo para incremento de nosso turismo interno massivo, que é em todo o mundo, o turista número um de todo país, girando assim a economia nacional e criando um enorme efeito multiplicador.
Editor Otavio Demasi - Consultor de Turismo -Jornalista Mtb 32548.


.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © . ODTUR - Otavio Demasi: Turismo e Políticas Públicas - Posts · Comments
Theme Template by BTDesigner · Powered by Blogger