24 de fev de 2016

Fundação Roberto Marinho e IDBrasil, tem em comum a Concepção do Museu do Futebol e a Concepção e Realização do Museu da Lingua Portuguesa em São Paulo. Em tempo - só esse pessoal é competente em todo o país...

O IDBRASIL

IDBrasil Cultura, Educação e Esporte é a Organização Social de Cultura que faz a gestão do Museu do Futebol desde sua inauguração, em setembro de 2008 e do Museu da Língua Portuguesa desde julho de 2012. Antigo Instituto da Arte do Futebol Brasileiro - IFB, é uma entidade privada sem fins lucrativos que presta serviço público de interesse da comunidade. A gestão dos museus é realizada por meio de um Contrato de Gestão baseado num Plano de Trabalho firmado junto à Secretaria do Estado da Cultura. Parte dos recursos disponibilizados para a administração do Museu do Futebol provém do Estado e parte provém de captações realizadas pela própria entidade (ingressos, locações, patrocínios etc.). Trata-se de um modelo de gestão de equipamentos culturais vigente no Estado de São Paulo desde 2005 e que tem mostrado resultados positivos. Além de garantir a qualidade no atendimento ao público, as organizações sociais vêm oxigenando as ações do Estado na área da cultura e garantindo uma bem-sucedida parceria entre poder público e sociedade civil organizada..
IDBrasil administra o Museu do Futebol seguindo as diretrizes estabelecidas pela Secretaria de Estado da Cultura. Para tanto, submete ao órgão estadual todas as ações referentes à programação, acervo, atividades de pesquisa e educação, gestão de despesas, bens e excedentes financeiros gerados ao longo de sua execução..
A OS tem a função de manter os equipamentos e os instrumentos necessários para a realização dos serviços contratados, bem como a integridade física da edificação ocupada pelo Museu. Também se compromete em gerar ações e conteúdos coerentes com as especificações da instituição que administra, divulgando-os, buscando atingir e dar acesso ao maior número possível de pessoas..
Clique aqui para saber mais sobre a OS.
A instituição tem 4 aéreas estratégicas como pilares de atuação:.

1. ACERVO / EDUCAÇÃO

Investigar, preservar e difundir o acervo patrimonial material e imaterial, de maneira acessível a todos os públicos; através de exposição de longa duração e de exposições temporárias, sempre incentivando e promovendo a extroversão do acervo para o público através da mediação de serviço educativo;
Desenvolver e promover ações educativas não formais, ou seja, com uma forma particular e diferenciada das perspectivas do ensino formal (escolar). Atuar de modo a explorar criativamente o potencial educativo das instituições culturais.

2. ENGAJAMENTO | CIDADE

Ser presente na comunidade onde está inserido (bairro, cidade, estado, país) de forma positiva e proativa, estimulando e proporcionando mecanismos de participação e relacionamento constantes entre a sociedade e as instituições;

3. GESTÃO

Atuar seguindo um modelo de gestão eficiente e eficaz, que seja referência em resultados positivos e transparência junto ao público e outras instituições culturais, fortalecendo as marcas: IDBrasil, Museu do Futebol e Museu da Língua Portuguesa e, consequentemente, atraindo patrocinadores, parceiros e apoiadores.

4. INFRAESTRUTURA

Manter uma estrutura atualizada, que se torne referência em qualidade e segurança na prestação de serviços socioculturais ao público, bem como na atração e formação de mão de obra para outras instituições culturais e para a cidade, considerando-se três aspectos base da instituição: patrimônio no qual está instalado, acervo e integridade física e moral dos seus funcionários e visitantes.
Presidente do Conselho de Administração Francisco Vidal Luna
Vice Presidente do Conselho de Administração Caio Luiz Cibella de Carvalho - atuou no Governo Montoro em SP e Governo FHC - dado implementado pela editoria.
Diretor Executivo Luiz Laurent Bloch
Conselheiros
Carlos Augusto de Barros e Silva
Flávia Constant
Haim Franco
José Expedito Prata
Luis Francisco de Sales
Marcelo Continelli
Nelson Savioli
Ricardo Piquet Barreiras Gonçalves
Maria Cristina Bruno
Benedito Nicotero Filho
Segundo dados recolhidos o museu recebeu até antes de pegar fogo, 2.927.131 pessoas, sendo que o ingresso custa Seis Reais para o público em geral e Tres Reais para estudantes. Deste montante pode-se prever uma verba para reparos, manutenção no minimo da parte elétrica.
Quanto ao Museu do Futebrol que em setembro de 2015 estava completando sete anos, ja compraram ingresso mais de 2 milhões de visitantes. O valor a partir de janeiro dde 2016, passou para NOVE reais, Meia entra a QUATRO E CINCOENTA reais, com isenção ate 7 anos, professores em geral e portadores de necessidades especiais. Aos sábados gratuito. O local acomoda ao mesmo temppo até 1.500 visitantes. O local possue bar e loja.
São dois locais construidos com o dinheiro do povo, qual a razão de cede-los a Organização sem fins LUCRATIVOS. 

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © . ODTUR - Otavio Demasi: Turismo e Políticas Públicas - Posts · Comments
Theme Template by BTDesigner · Powered by Blogger