5 de abr de 2016

Expoarte no Parque Anauá incrementa o turismo em Boa Vista-RR


EXPOARRTE
 Repórter: Vânia Coelho | Edição: Tiana Brazão | Foto: Ascom/Secult



Praça de alimentação do Parque Anauá foi revitalizada e se tornou ponto de encontro para artesãos, músicos e turistas

A praça de alimentação no Parque Anauá, local onde acontece a Feira de Artesanato de Roraima (Expoarrte) todos os sábados, a partir das 17 horas, tornou-se um ponto de encontro para artesãos, músicos, visitantes e turistas de outros estados e países.

A Expoarrte é uma vitrine para exposição e comercialização do artesanato produzido pelos artesãos do estado. Para o diretor de Promoção Cultural de Secult (Secretaria Estadual de Cultura), Mário Moura, o balanço dos últimos três finais de semana desde que foi inaugurada, no dia 19 de março, foi positivo.

“A população está vindo à feira para visitar os estandes, curtir uma boa música e comer uma boa comida regional num ambiente renovado para o artesanato e a música roraimense graças ao empenho da governadora Suely Campos e as equipes da Secult e Setrabes [Secretaria de Trabalho e Bem-Estar Social]”, disse.

Para o jornalista Paulo Thadeu Neves, que agora tem como hábito visitar a Expoarrte todos os fins de semana, a recuperação de espaços voltados para a cultura é louvável. “Isso tem que ser aplaudido. A feira abre espaço não só para o artesanato e a música, mas também para a culinária, o que é muito importante. Vemos a participação de pessoas não só de Roraima, mas de outros estados e de outros países”, afirmou.

A iniciativa também foi aplaudida pela cantora e compositora Elienai Menezes, que se apresentou neste domingo, dia 3.  “Estou achando ótimo. É uma oportunidade não só para os cantores com experiência, mas para novos artistas”, declarou. Para as cantoras iniciantes, as irmãs Raquel e Rayane Oliveira, de 15 e 14 anos, respectivamente, subir no palco pela primeira vez foi muita emoção. “Fiquei um pouco nervosa, foi emocionante. Mas gostei muito. É ótimo para quem está começando”, disse Raquel, que acredita ainda que o espaço seja fundamental para o surgimento de novos artistas locais.

Para o artesão Altamir Lesk, a revitalização da Praça da Alimentação com a instalação da Expoarrte, foi muito boa para os trabalhadores manuais, que precisavam mostrar suas obras à população. “A maioria [dos artesãos] tinha que ir paras as ruas atrás do público e muitas vezes permaneciam relegados, em segundo plano”, pontuou, afirmando que o Governo do Estado teve êxito em cobrir esta falta. “Agora, temos um lugar específico aonde o povo vem e conhece o nosso trabalho”, finalizou.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © . ODTUR - Otavio Demasi: Turismo e Políticas Públicas - Posts · Comments
Theme Template by BTDesigner · Powered by Blogger