31 de mai de 2016

Em Sorocaba- SP, até parabéns ao prefeito tucano no Facebook é bancado com dinheiro público; mensagens postadas por gente que ganha até R$ 8,5 mil mensais


30 de maio de 2016 às 20h20
  
Captura de Tela 2016-05-30 às 20.17.40
O prefeito, as mensagens e Graziano no papel de difamador; o filho de Graziano foi um dos que espalharam a falsa relação entre Lula e a Friboi
Exército virtual defende prefeito na web
Uma das atribuições de parte dos funcionários comissionados da Prefeitura de Sorocaba — embora não esteja descrita na súmula — é de servir de exército virtual do governo de Antonio Carlos Pannunzio (PSDB) nas redes sociais, defendendo-o de críticas, como também enaltecendo suas qualidades pessoais e seu mandato.
O sistema idealizado pelo PSDB de Sorocaba é profissional e foi desenvolvido por uma empresa especializada em posicionamento digital, a Epolitics, de São Paulo.
Toda ação é comandada por um integrante nacional do PSDB e homem de confiança do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (FHC), Xico Graziano, e colocada em prática pelos integrantes do Conexão Sorocaba, grupo fechado existente no Facebook e que é formado basicamente por funcionários comissionados (sem concurso público) e também por servidores de carreira que ocupam cargos de confiança, lotados na Prefeitura de Sorocaba, no Parque Tecnológico de Sorocaba e no Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae).
Entre esses servidores do Conexão Sorocaba estão também os que ocupam cargos que foram considerados inconstitucionais pelo Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP), em decisão liminar recente.
Muitas postagens das redes sociais foram “cumpridas” em horário de expediente e foram “pagas” com dinheiro dos cofres públicos.
A Epolitics criou as páginas pessoais do prefeito Antonio Carlos Pannunzio e do secretário de Governo de seu mandato, João Leandro da Costa Filho, um dos pré-candidatos do PSDB nas eleições deste ano.
Hora de defender
Em uma dessas postagens, no dia 13 de janeiro, Xico Graziano escreve para o Conexão Sorocaba: “Pessoal, está faltando mais gente defender o prefeito no face dele…muitos adversários atacam sem que apareça alguém para contrapor. Vamos lá ativistas.”
Ele se referia às críticas feitas nos comentários de um vídeo do prefeito, postado em sua página do Facebook, em que Pannunzio afirmava que sua administração se pautava pela transparência.
Às 9h39 do dia 13, um assistente de gabinete nível 2 (cargo tido como inconstitucional pela Justiça e com vencimento de R$ 6.230,64) entra na página do prefeito no Facebook. “Boa prefeito, infelizmente o PT e o PMDB estão destruindo nosso país, mas com uma administração responsável e transparente vamos vencer.”
Às 14h14, um assessor de secretário (também outro cargo inconstitucional pela Justiça, com salário de R$ 8.558,68) também atende o pedido de Graziano e posta no Facebook de Pannunzio.
“A gestão mais transparente do Estado de São Paulo (avaliação do Ministério Público Federal). Pesquisa antes de falar”, cita, ao criticar uma pessoa que teceu comentários em relação ao rompimento do contrato do lixo entre a Prefeitura de Sorocaba e a empresa Gomes Lourenço.
O mesmo assessor repete comentários às 14h34 e 14h35, citando que as críticas feitas ao vídeo de Pannunzio foram feitas por desespero da oposição. Outros participantes do Conexão Sorocaba defendem Pannunzio na mesma postagem.
Até parabéns a você
No dia 29 de julho de 2015, a mensagem de Xico Graziano aos “ativistas” do Conexão Sorocaba era a seguinte: “Turma: hoje é o aniversário do Pannunzio. Vamos produzir uns posts para vocês utilizarem em suas páginas. Dia de elevar nosso ativismo e fazer a cidade inteira parabenizar seu Prefeito. Se quiserem, podem começar a falar bem do engenheiro, professor, político honesto e ético que ajuda Sorocaba a progredir…#parabénsPannunzio”.
No mesmo dia 29, um assessor de comunicação nível 1 (outro cargo inconstitucional pela Justiça e salário de R$ 5.013,32), escreve em seu perfil do Facebook: “Campeões nascem prontos, são feitos com trabalho e dedicação. Parabéns Pannunzio, pelo seu aniversário e pela maneira transparente de conduzir Sorocaba.”
Outro servidor, que ocupa o cargo de assistente de gabinete nível 2 (também tido como inconstitucional e salário de R$ 6.666,78) postou, no mesmo dia 29: “…Com ele eu também aprendi os princípios de um Homem de verdade, seja ele público ou não, mas que valoriza os princípios éticos e familiares acima de qualquer coisa… Pannunzio, obrigado pelos ensinamentos da vida e que Deus continue te abençoando e te dando saúde para que mais pessoas possam ver virtudes de um Homem de verdade, sem marketing, sem maquiagem ou sem fantoche. Parabéns.”
Vamos aplaudir
No dia 11 de junho de 2015, Xico Graziano pede que os ativistas “aplaudam Pannunzio” pela economia gerada com a licitação do lixo e que o exército virtual “não apenas publique post” em suas páginas, como também participem de debates em páginas de jornais.
Às 12h55, um assistente de gabinete nível 2 entra no Facebook do jornal Cruzeiro do Sul, na matéria sobre o novo contrato de lixo: “Parabéns Pannunzio, economia de 8 milhões e a volta dos contêineres, tudo com transparência e ética…#eucurtoSorocaba”. Além disso, outro comissionado, com o cargo de assistente de gabinete nível 2, colocou na sua página: “Sorocaba economizará 8 milhões com o novo contrato…#vaiPannunzio.”
Após encaminhamento dos questionamentos do jornalCruzeiro do Sul à Prefeitura de Sorocaba, o Conexão Sorocaba eliminou 25 pessoas do grupo fechado, passando de 133 para 108 e alterou administradores, com a saída do presidente do Saae, Rodrigo Maldonado. ranscrito Viomundo

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © . ODTUR - Otavio Demasi: Turismo e Políticas Públicas - Posts · Comments
Theme Template by BTDesigner · Powered by Blogger