1 de jun de 2016

Aloysio Nunes Ferreira : a palavra de um senador da Republica do PSDB que não vale nada... Veja porque ?


Aloysio, líder de Temer, deve explicar porque não o queria Presidente

lulu1
Bernardo de Mello Franco recordou, de passagem, no seu artigo na Folha.
E, de fato, estava lá, nos implacáveis arquivos da internet.
No Valor de 9 de março do ano passado:
Defensor da manifestação do próximo dia 15 de março, o senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB-SP), ex-candidato a vice na chapa de Aécio Neves, disse nesta segunda-feira ser contra o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT). O tucano afirmou que prefere ver a petista “sangrar” nos próximos quatro anos, quando encerrará o seu segundo mandato.
“Não quero que ela saia, quero sangrar a Dilma, não quero que o Brasil seja presidido pelo Michel Temer (PMDB)”, disse Nunes Ferreira ao participar de seminário no Instituto Fernando Henrique Cardoso (IFHC), na capital paulista. Movimentos de diversos setores organizam um protesto contra o governo para o domingo que vem.
Agora, Aloysio é o líder no Senado do homem que ele não queria que presidisse o Brasil.
Será que algum senador, da tribuna, vai desafiá-lo a dizer por que?
Já bastaria a primeira parte da declaração para mostrar como Aloysio é um truculento, referindo-se a uma pessoa (e uma mulher!) como alguém que se quer “sangrar”.
Mas a segunda vai além da sua condição de porcalhão verbal e pode indicar que sabe de algo que desclassifique seu novo chefe como alguém digno de ocupar a Presidência.
E tem de ser cobrado a falar.
Tijolaco.com.br

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © . ODTUR - Otavio Demasi: Turismo e Políticas Públicas - Posts · Comments
Theme Template by BTDesigner · Powered by Blogger