2 de jul de 2016

UNESCO no Brasil e Centro Lucio Costa lançam versão em português de publicação sobre gestão do Patrimônio Mundial Natural



Referências, exemplos, práticas e recursos úteis aos gestores de sítios do Patrimônio Mundial, além de indicações da literatura e de documentação, compõem o conteúdo do livro “Gestão do Patrimônio Mundial Natural”, que acaba de ser traduzido para o português por meio de uma parceria entre a UNESCO no Brasil e o Centro Lucio Costa, um Centro de Categoria II da UNESCO e braço do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) responsável por contribuir para o desenvolvimento metodológico relativo à preservação, à salvaguarda e à gestão do patrimônio.
“As práticas de gestão de áreas protegidas e de sítios do Patrimônio Mundial vêm se aperfeiçoando rapidamente. As contínuas e intensas transformações que se observam no mundo atual colocam os gestores diante de novos desafios praticamente todos os dias, e as estratégias de conservação também precisam evoluir. Foi considerando essa renovação constante de problemas e soluções que se decidiu publicar este Manual de Referência”, diz o diretor do Centro do Patrimônio Mundial da UNESCO, Kishore Rao, no prefácio da publicação.
O foco da publicação está em orientações para bens naturais e mistos da Lista do Patrimônio Mundial, assim como para os da categoria de paisagem cultural, isto é, bens culturais que representam as obras combinadas da natureza e do ser humano. Esse é o quarto volume da série de Manuais de Referência para o Patrimônio da Humanidade, que tem o objetivo de auxiliar os gestores a compreender e a incorporar ao seu trabalho conceitos e processos de gestão de sítios do Patrimônio Mundial. 
Para a presidente do Iphan, Jurema Machado, essa “é uma contribuição do Brasil para facilitar o acesso de gestores e autoridades em países lusófonos envolvidos com o desafio de gerir o Patrimônio Mundial, em face das contínuas e intensas transformações do mundo atual. É, ainda, parte da estratégia de consolidação do Centro Lucio Costa como um centro de referência, voltado para o desenvolvimento de um conjunto de atividades de formação – pesquisa, capacitação e difusão – que promovam a qualificação de profissionais e o compartilhamento do conhecimento produzido entre os países de sua região de abrangência e com os parceiros da UNESCO”.
Sobre a série Manual de Referência do Patrimônio Mundial 
Desde a adoção da Convenção do Patrimônio Mundial, em 1972, a Lista do Patrimônio Mundial evolui continuamente e cresce em ritmo constante. Dessa forma, torna-se necessário orientar os Estados-partes sobre a implementação da Convenção. O desenvolvimento de uma série de manuais de referência para o Patrimônio Mundial vem para atender a essa necessidade.
Com a elaboração desses manuais, espera-se fornecer conhecimento e assistência para garantir que a Lista do Patrimônio Mundial tenha representatividade e credibilidade, e consista em bens adequadamente protegidos e geridos. Para isso, a série é dirigida a autoridades da área de proteção do patrimônio, governos locais, gestores de sítios e comunidades locais associadas a sítios do Patrimônio Mundial, além de outros interessados no processo de identificação e preservação. 
Os manuais são desenvolvidos como ferramentas para a capacitação e a conscientização acerca da Convenção do Patrimônio Mundial, podendo ser usados em um aprendizado autodidata e também como material para oficinas de treinamento. Os outros três títulos desta série podem ser baixados livremente no site da UNESCO: 
A publicação original da série é uma realização conjunta dos três órgãos consultivos da Convenção do Patrimônio Mundial – o Centro Internacional para o Estudo da Preservação e Restauração de Bens Culturais (ICCROM), o Conselho Internacional de Monumentos e Sítios (ICOMOS) e a União Internacional para a Conservação da Natureza (UICN) – e do Centro do Patrimônio Mundial da UNESCO como secretaria da Convenção. Toda a série foi traduzida para o português por meio da parceria entre a UNESCO no Brasil e Centro Lucio Costa.

PDF]Cartilha do Patrimônio Mundial - Iphan

portal.iphan.gov.br/uploads/ckfinder/arquivos/Cartilha_do_patrimonio_mundial.pdf

convenção sobre proteção do patrimônio mundial, cultural e natural, de 1972 : para saber o essencial. __. Brasília ... central que justifique o Valor Universal Ex- ... os lugares naturais ou as zonas naturais ..... objetivas do bem, assim como de sua própria gestão. ..... Com base nas listas apresentadas pelos Estados, de. aqui você encontra a relação dos patrimônios do Brasil.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © . ODTUR - Otavio Demasi: Turismo e Políticas Públicas - Posts · Comments
Theme Template by BTDesigner · Powered by Blogger