27 de ago de 2016

O novo parceiro da Máfia da Merenda por Midia Ninja

O novo parceiro da Máfia da Merenda

Segundo relatório da Operação Alba Branca, deputado Russomanno é envolvido diretamente com a Máfia da Merenda.
Segundo um relatório de janeiro da Polícia Civil, no inquérito da Operação Alba Branca que investiga o esquema de fraudes em licitações da merenda escolar instalado em pelo menos 35 prefeituras e que envolvia também contratos da Secretaria da Educação do governo golpista de Alckmin, o Deputado que é candidato a prefeitura de São Paulo, Celso Russomanno (PRB/SP), é citado, mas não está sofrendo investigação - o que deveria - pois tem passagem privilegiada pelo STF.
Mesmo mostrando em citação a proximidade de Russamanno com dois principais agentes da estrutura criminosa - que tinha base no município de Bebedouro, interior de São Paulo - de Alba Branca: César Augusto Lopes Bertholino, o ‘Marrelo’, e Cássio Chebabi. Em uma conversa grampeada, os dois trocam informações sobre um novo parceiro, no caso, Russomanno, e afirmam até que um jantar estava na agenda dessa nova parceria. Ainda na conversa, Russomanno diz que vai dar para Leonel Júlio, ex-deputado e pai do lobista da quadrilha da merenda duas Secretarias, ‘Marrelo’ diz que está tudo esquematizado.
A investigação aponta para o suposto envolvimento do presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo, deputado Fernando Capez (PSDB). Ele teria sido contemplado com propina de cerca de R$ 400 mil para sua campanha em 2014, mas ele nega tudo, sempre.
A base da organização criminosa ficava no município onde também residia a COAF, que se infiltrou nas administrações municipais para corromper gestores e servidores públicos – as prefeituras compravam produtos da COAF já que a lei diz que eles precisam usar 30% dos fundos recebidos do Fundo Nacional, para o FNDE.
Alba Branca mostra que Marcel Júlio filho de Leonel Júlio, era o principal lobista dessa barbárie, os dois foram presos, mas ficaram apenas alguns míseros dias detidos, o que não tem fundamento.
Foi encontrada pela polícia Civil uma troca de mensagens do dia 16 de Julho do ano passado, sobre o tal jantar, em que aconteceria a oficialização da parceria do deputado Russomanno, Marrelo e Chebabi.
Marrelo: "Tô indo lá pro Mané, vamos jantar com Celso Russomanno. Eu e o Marcel. Marcamos às 9 horas".Chebabi: “Novo parceiro.”Marrelo: "Opaa. O Marcel já tinha conversado com ele. E falado da Coaf prá ele".Chebabi: "Tá forte prá prefeitura".Marrelo: "Ele foi pedir apoio pro Leonel".
Chebabi: "Ele é PR".
Marrelo: "PRB. Universal".
Chebabi: "Cola".
‘Marrelo’: "Tá com dindim prá gastar. Vai dar duas secretarias pro Leonel. Se ele vier a ser prefeito de SP. Já tá acordado".
Russomanno mostra indignação quando o perguntam sobre a Máfia da Merenda, e ainda tem a cara de pau de afirmar que não sabe nem quem são os dois chefões da organização criminosa.
"Faço questão de ir a fundo nessa investigação para saber a mando de quem, ou de qual partido estão tentando sujar o meu nome".
Quer dizer então, deputado, que você quer entrar pra máfia, mas não tem carão de assumir que está diretamente envolvido com ela. Estamos de olho.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © . ODTUR - Otavio Demasi: Turismo e Políticas Públicas - Posts · Comments
Theme Template by BTDesigner · Powered by Blogger