25 de ago de 2016

Por que pouca gente entendeu a charge de Laerte na Folha?

Por que pouca gente entendeu a charge de Laerte na Folha? em  pragmatismopolitico

Através da charge de Laerte Coutinho, mansão ilegal dos Marinho aparece pela primeira vez em um veículo da imprensa tradicional desde que caso veio à baila. Para preservar pacto de não agressão, donos da mídia no Brasil seguem em silêncio sobre o tema em pra

Charge Laerte triplex marinho mansão
(Charge de Laerte Coutinho)
Muita gente não entendeu o significado do desenho da cartunista Laerte Coutinho (imagem acima) publicado na Folha de S.Paulo nesta terça-feira (16). A charge se refere ao triplex dos irmãos Marinho, filhos de Roberto Marinho e herdeiros  das organizações Globo, construído em uma área de preservação ambiental na cidade de Paraty, Rio de Janeiro.
Revelada em uma reportagem do Diário do Centro do Mundo e também esmiuçada pelo Viomundo, a mansão ilegal estaria registrada em nome de uma empresa controlada por offshores do Panamá, uma delas ligada à Mossack & Fonseca, investigada na Lava Jato.
Até a publicação da charge de Laerte, o imóvel ainda não havia ganhado espaço ou manchetes na imprensa tradicional. Um dos motivos é o tradicional pacto de não agressão entre os donos da mídia no Brasil.
Sem medo de ser censurada, Laerte propôs, no desenho, uma permuta entre a mansão ilegal dos Marinho e o ‘triplex de Lula’ no Guarujá — tema usado à exaustão pela Globo como peça de sua campanha contra o ex-presidente.

Repercussão

O jornalista Flávio Gomes ironizou o fato de os leitores da Folha não compreenderem o desenho de Laerte, além de lamentar a pouca repercussão do caso, restrito às mídias alternativas. “Há focos de resistência na mídia e Laerte é um deles. Os leitores da Folha não entenderam a charge porque obviamente a Folha não publicou nada sobre a mansão dos Marinho em Parati feita à revelia da lei. Mas o VioMundo publicou e Laerte leu. Foda é que acaba não atingindo ninguém, uma obra-prima dessas”, escreveu.
Em sua página do Facebook, o escritor Fernando Morais compartilhou a charge com a seguinte legenda: “Deu na Folha de hoje. Laerte enfia o pé na jaca”.
Em declaração à revista Fórum, Laerte resumiu a charge: “Acho que está havendo, sim, um tratamento tendencioso dos fatos por parte da mídia – ou da ‘grande mídia’ – em relação a partidos e pessoas da política, no sentido de desgastar Lula, Dilma e o PT; e que é uma ação coordenada com instâncias do poder judiciário e do aparato policial do país”.
Na última semana, o sítio Tijolaço divulgou imagens da mansão ilegal dos Marinho. Confira a seguir:
mansao1
mansao2
mansao3
mansao4
mansao5
mansao6
mansao7
mansao8
mansao9

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © . ODTUR - Otavio Demasi: Turismo e Políticas Públicas - Posts · Comments
Theme Template by BTDesigner · Powered by Blogger