31 de mar de 2017

Prefeitura de São Paulo-SP e de Teresina-PI, ambas do PSDB GOLPISTA, assinam Acordo de Cooperação Técnica, visando Programa de Parcerias-Público-Privado e Desestatização. 10-03-17DOM; - Editor - Esses prefeitos acham que ainda estamos nos idos da PRIVATARIA TUCANA DE FHC ? Em tempo, o prefeito paulistano, acaba de pagar, dívida de 90 mil reais de IPTU atrasados, que corria na Justiça. Será que com isso e mais denuncias de ex-partidários, o TRE-SP, deveria ter-lhe negado a candidatura ?

Extrato Termo de Acordo de Cooperação Técnica 1/2017 – SMDP Partícipes: Prefeitura do Município de São Paulo, CNPJ/MF 46.395.000/0001-39, situada no Viaduto do Chá 15, SP/SP P r e f e i t u r a M u n i c i p a l d e Te r e s i n a , C N P J / M F 06.554.869/0001-64, situada na Praça Marechal Deodoro da Fonseca 860, Teresina/PI Signatários: João Doria Junior, Prefeito do Município de São Paulo Wilson Martins Poit, Secretário de Desestatização e Parcerias do Município de São Paulo Firmino da Silveira Soares Filho, Prefeito do Município de Teresina Erick Elysio Reis Amorim, Secretário de Concessão e Parcerias do Município de Teresina Objeto: Estabelecer a mútua cooperação técnica, não exclusiva, entre a PMSP e a PMT, visando reunir diretrizes entre os signatários com o objetivo de estruturar as políticas e apoias o desenvolvimento dos programas de parceria público-privada e desestatização empreendidos pelas Prefeituras de São Paulo e Teresina. Valores: Este termo não prevê a transferência de recursos financeiros Vigência: Vigor
http://diariooficial.imprensaoficial.com.br/doflash/prototipo/2017/Mar%C3%A7o/11/cidade/pdf/pg_0001.pdf

4 Sexta-feira, 10 de março de 2017 DOM - Teresina - Ano 2017 - nº 2.029 CONSELHO DE . EXTRATO DE ACORDO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA. Acordo de Cooperação Técnica que entre si celebram a Prefeitura Municipal de Teresina - PMT e a Prefeitura Municipal de São Paulo – PMSP. OBJETO: mútua cooperação técnica, não exclusiva, entre a PMT e a PMSP, visando reunir diretrizes entre os signatários com o objetivo de estruturar as políticas e apoiar o desenvolvimento dos programas de parcerias público-privadas e desestatização empreendidos pelas Prefeituras dos Municípios de São Paulo e Teresina. RECURSO: Não envolve transferência de recursos financeiros entre os partícipes. VIGÊNCIA: Entrará em vigor a partir da data de sua assinatura e terá a vigência pelo prazo de 01 (um) ano, podendo ser prorrogado, de comum acordo entre os Partícipes. ASSINADO: Em 07 de março de 2017, por FIRMINO DA SILVEIRA SOARES FILHO, Prefeito Municipal de Teresina – PMT, ERICK ELYSIO REIS AMORIM Secretario de Concessão e Parcerias do Município de Teresina, e por JOÃO DÓRIA JÚNIOR, Prefeito Municipal de São Paulo – PMSP, WILSON MARTINS POIT, Secretário de Desestatização e Parcerias do Município de São Paulo.


Na listagem de uma das planilhas, aparece o nome do atual prefeito de Teresina, FIRMINO FILHO/PSDB(Firmino da Silveira Soares Filho), que supostamente teria recebido o valor de R$ 500 mil reais ilícitos do grupo Odebrecht
 23º. OPERAÇÃO LAVA JATO 
https://www.portaldocentro.com/jornaldocentro/prefeito-teresina-e-o-novo-investigado-na-operacao-lava-jato


Firmino assina acordos com BNDES e Prefeitura de São Paulo para avançar com PPPs

06/03/2017 - 16h48 Imprimir Envie por e-mail PMT
Firmino assina acordos com BNDES e Prefeitura de São Paulo para avançar com PPPs

A agenda de compromissos do prefeito Firmino Filho desta semana começou no Rio de Janeiro, com a presidente do  BNDES (Bando Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), Maria Sílvia Bastos. Os dois assinaram acordo de cooperação técnica para o planejamento e estruturação de projetos relacionados aos programas de parceria público-privada e desestatização. Na terça-feira, 07, um outro acordo de cooperação técnica será assinado com a Prefeitura de São Paulo, com o mesmo objetivo. 

O prefeito destaca que Teresina foi o primeiro município a firmar acordo com o BNDES. “Como são limitados os recursos públicos para investimentos, devido à crise financeira do país, acredito que as parcerias são uma boa alternativa para gerar empregos e promover o desenvolvimento da cidade”, afirmou.

A parceria com o BNDES faz parte do Programa Nacional de Desestatização, agora englobado pelo Programa de Parcerias de Investimentos - PPI). “O objetivo é melhorar os serviços oferecidos à população e gerar economia para o município”, explica o secretário municipal de Concessões e Parcerias da Prefeitura de Teresina, Erick Amorim. Ele acompanha o prefeito e também assina os acordos.

De acordo com Amorim, os primeiros projetos a serem desenvolvidos serão relacionados à iluminação pública, eficiência energética, geração de energia solar, aeroporto de Teresina e revitalização do Centro da cidade. O acordo assinado com o BNDES tem o prazo de 30 meses, podendo ser prorrogado por mais 30 meses.

Adendo do Editor

 - A atual presidenta do BNDES, NOMEADA PELO GOLPISTA, TRAIDOR, ENTREGUISTA E CORRUPTO MICHEL TEMER, já trabalhou na gestão de Fernando Collor,   que levou a estatização da EMBRAER, COMPANHIA SIDERÚRGICA NACIONAL E USIMINAS, visando a entrega a grupos financeiros e acabando com a SOBERANIA MNACIONAL . E ATUALMENTE ANIQUILANDO COM O BNDES, COMO PAZ PEDRO PARENTE NA PETROBRÁS.
Casada com o jornalista Roberto Fernandes, diretor de redação do jornal O Globo desde 2003, falecido em2011, veio a conhecer o ex-genro do presidente Fernando Henrique, David ZYLBERSZTAJN e assume namoro com a presidente da Companhia Siderúrgica Nacional http://www.terra.com.br/istoegente/99/reportagem/david_maria.htm

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © . ODTUR - Otavio Demasi: Turismo e Políticas Públicas - Posts · Comments
Theme Template by BTDesigner · Powered by Blogger