16 de abr de 2017

Fornecedores da Apple, Samsung e Microsoft ligados à exploração de trabalho infantil




Fornecedores da Apple, Samsung e Microsoft ligados à exploração de trabalho infantil

Um relatório da Amnistia Internacional coloca algumas grandes empresas indiretamente ligadas a práticas de trabalho infantil na República Democrática do Congo. Algumas empresas reagiram dizendo que estão a avaliar os seus parceiros de produção.

tek trabalho infantil



Como se sentiria se soubesse que o seu smartphone tem uma bateria que foi desenvolvida com materiais minerados por crianças de sete anos? A Amnistia Internacional, em parceria com uma organização não governamental (ONG) da República Democrática do Congo, denuncia possíveis ligações entre multinacionais e respetivoss fornecedores que têm contratos com entidades que exploram o trabalho infantil.
O relatório é taxativo e diz que o fornecedor em causa, uma subsidiária da Huayou Cobalt, faz chegar cobalto minerado por crianças até várias empresas na China e na Coreia do Sul. O material é depois usado para o fabrico de baterias de iões de lítio de smartphones e veículos elétricos.
Apple, Samsung, Microsoft, Sony, Volkswagen e Daimler estarão entre as empresas com ligações a estes fornecedores, num total de 16 multinacionais. Escreve o The Verge que enquanto algumas empresas disseram não conhecer tais ligações, a Apple e a Microsoft adiantaram que estão a avaliar os parceiros das suas linhas de produção.
Mas a Aministia Internacional disse que nenhuma empresa forneceu dados suficientes para que fosse possível apurar a origem dos seus fornecimentos de cobalto.
Em conjunto com a ONG Afrewatch, terão sido conseguidas provas fotográficas e também em vídeo das condições de exploração de menores. Algumas crianças dizem que trabalham 12 horas por dia para ganhar menos de um euro em alguns casos.
“As montras glamorosas e o marketing de tecnologia topo de gama são um forte contraste das crianças que carregam sacos de pedras e dos mineiros em túneis estreitos feitos à mão arriscando danos irreversíveis nos pulmões”, comentou em comunicado Mark Dummett, da Amnistia Internacional.
http://tek.sapo.pt/noticias/negocios/artigo/fornecedores_da_apple_samsung_e_microsoft_ligados_a_exploracao_de_trabalho_infan-45815rsf.html
Share:

0 comentários:

Postar um comentário