30 de jul de 2017

O ITAMARATY, QUE HOJE DENIGRE O PASSADO DA DIPLOMACIA BRASILEIRA E DO BARÃO DE RIO BRANCO, COMANDADO PELO PARTIDO GOLPISTA PSDB, INTERFEREM NA POLÍTICA EXTERNA DA VENEZUELA, COMO O BRASIL DO GOLPE E IMPEACHMENTG DE DILMA ROUSSEFF E O GOLPE EM 102 MILHÕES DE VOTOS, DÁ AO ATUAL DES-GOVERNO ALGUM MÉRITO DE INTROMISSÃO EM OUTRO PAÍS DE NOSSO CONTINENTE E ACHAR ISSO OU AQUILO. ANTES DE FALAR DA VENEZUELA, INTERFIRA JUNTO A BANCADA DO PSDB, PARA EXIGIREM A QUEDA DE TEMER E DOS ATUAIS POSTIÇOS MINISTROS , DEVOLVENDO A DEMOCRACIA AO POVO BRASILEIRO. A VENEZUELA TEM SEU POVO E SEU GOVERNO E SUAS AUTORIDADES CONSTITUÍDAS PARA RESOLVER O PROBLEMA DO PAÍS. NÃO PRECISA DE PALPITE DE GOLPISTAS E NA GRANDE MAIORIA CORRUPTOS.

Nota 
249

 
O governo brasileiro lamenta profundamente a decisão do governo da Venezuela de rejeitar os pleitos da comunidade internacional pelo cancelamento da convocação de uma assembleia constituinte nos termos definidos pelo Executivo. A iniciativa do governo de Nicolás Maduro viola o direito ao sufrágio universal, desrespeita o princípio da soberania popular e confirma a ruptura da ordem constitucional na
Venezuela.
A Venezuela dispõe de uma Assembleia Nacional legitimamente eleita. Empossada, a nova assembleia constituinte formaria uma ordem constitucional paralela, não reconhecida pela população, agravando ainda mais o impasse institucional que paralisa a Venezuela.
O governo brasileiro manifesta a sua grave preocupação com a escalada da violência em face do acirramento da crise, agravada pelo avanço do governo sobre as instâncias institucionais democráticas ainda vigentes no país e pela ausência de horizontes políticos para o conflito.
O governo brasileiro condena o cerceamento  do direito constitucional à livre manifestação e repudia a violenta repressão por parte das forças do Estado e de grupos paramilitares, como a que aconteceu ao longo do dia de hoje.
Diante da gravidade do momento histórico por que passa a Venezuela, o Brasil insta as autoridades venezuelanas a suspenderem a instalação da assembleia constituinte e a abrirem um canal efetivo de entendimento e diálogo com a sociedade venezuelana, com vistas a pavimentar o caminho para uma transição política pacífica e a restaurar a ordem democrática, a independência dos poderes e o respeito aos direitos humanos.
http://www.itamaraty.gov.br/pt-BR/notas-a-imprensa/16982-convocacao-de-assembleia-constituinte-na-venezuela
Share:

0 comentários:

Postar um comentário