4 de ago de 2017

Abertura do XVII Confup chama petroleiros à responsabilidade de mudar os rumos da Petrobrás e do país- PRIVATIZAR FAZ MAL AO BRASIL


Abertura do XVII Confup chama petroleiros à responsabilidade de mudar os rumos da Petrobrás e do país



Com o tema “Privatizar faz mal ao BRasil”, os petroleiros abriram nesta quinta-feira, 03, o congresso nacional da categoria, com o desafio de construírem uma ampla agenda de luta, que se contraponha à privatização do Sistema Petrobrás, à retirada de direitos da classe trabalhadora e aos imensos retrocessos impostos pelo golpe. O evento acontece em Salvador, com a participação de mais de 400 trabalhadores de vários estados do país.
O congresso prossegue até domingo, 06, com mesas de debates que abordarão temas como “Os pilares do golpe jurídico, parlamentar e midiático no Brasil”, “Articulação das forças sociais na reconstrução do projeto político, popular e democrático”, “A conta do golpe quem paga é o trabalhador” e “Democracia só é possível com igualdade de gênero”. Veja aqui a programação completa.
Na solenidade de abertura, dois momentos emocionaram os trabalhadores: um vídeo gravado pelo ex-presidente Lula com uma saudação aos petroleiros e uma homenagem ao diretor de Saúde, Segurança e Meio Ambiente da FUP, Silvaney Benardi, falecido no dia primeiro de janeiro. Acesse no facebook da FUP o vídeo com a íntegra da solenidade de abertura do XVII CONFUP: www.facebook.com/fupetroleiros/ 
Falas de destaques:
Deyvid Bacelar, Coordenador do Sindipetro Bahia
“Uma das principais contas do golpe é o esfacelamento e privatização do Sistema Petrobrás. E nós petroleiros estamos sendo chamados à responsabilidade para impedir que isso aconteça”
 José Maria Rangel, Coordenador da FUP
“O que a vida quer da gente é coragem e essa categoria sempre teve coragem para fazer a resistência e enfrentar os desafios que marcam a nossa história. Agora não será diferente”
 Senador Roberto Requião (PMDB/PR)
“Essa categoria tem consciência política, capacidade de mobilização e tem na Petrobrás o instrumento de recuperação da economia brasileira. A luta em defesa da Petrobrás não é só dos petroleiros. Vocês estão fazendo a luta do Brasil”.
 Deputado federal Davidson Magalhães (PCdoB/BA), presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Petrobrás
“A participação dos petroleiros nas lutas que travamos no Congresso Nacional tem sido decisiva. Vocês são a vanguarda na luta em defesa da Petrobrás”.
 Cedro Silva, Presidente da CUT Bahia
“A Petrobrás é a empresa que tem condições de fazer a redenção do país e está estraçalhada”
 Lucineide Varjão, Coordenadora da CNQ
“A luta dos petroleiros e petroleiras não é só desta categoria. Vocês não estão sozinhos na defesa da maior empresa brasileira e tenho certeza que construirão neste congresso um plano de lutas com as respostas que esse momento tão difícil exige”
 Augusto Vasconcelos, diretor da CTB
“Os petroleiros são a espinha dorsal da resistência e da organização sindical”
 Edison Rocha, diretor da Confederação Nacional dos Metalúrgicos (CNM)
“Levamos 12 anos para reconstruir a indústria naval e esse governo sem legitimidade, em menos de um ano, já desmatelou o setor. O futuro do nosso país está nas mãos de vocês petroleiros, vai depender do que sair daqui do CONFUP”
 Selene Michielin, da Confederação Nacional dos Trabalhadores da Educação (CNTE)
“Defender a Petrobrás não é defender os petroleiros, é defender o Brasil, é defender as riquezas do país. Por isso, nós professores faremos uma aula de cidadania nas escolas de todo o pais no dia aniversário da Petrobrás, em 03 de outubro, que terá como temática a importância da defesa da empresa”
 Elen Rebeca, Levante Popular da Juventude
“Nesse momento de golpe, é ainda mais importante a organização. E os petroleiros são uma categoria de resistência que certamente apontará os rumos para a classe trabalhadora”
 Moisés Borges, do MAB
“Não é só o petróleo e a Petrobrás que estão sendo entregues. Estamos diante do desmonte do Estado, com nossos recursos naturais, água e terra, sendo apropriados pelo capital internacional”
 Deputado estadual Rosemberg Pinto (PT/BA)
“Esse CONFUP não é um congresso para discutir as questões corporativas e sim mobilizar a sociedade para defender a Petrobrás e a democracia”
FUP, fotos Diego Villamarin
http://www.fup.org.br/xvii-confup/item/21495-abertura-do-xvii-confup-chama-petroleiros-a-responsabilidade-de-mudar-os-rumos-da-petrobras-e-do-pais
Share:

0 comentários:

Postar um comentário