7 de ago de 2017

Memória: a visita de Geisel ao presidente do STF Carlos Thompson Flores, avô do presidente do TRF-4


Memória: a visita de Geisel ao presidente do STF Carlos Thompson Flores, avô do presidente do TRF-4

 

Na entrevista que concedeu ao Estadão enaltecendo a sentença de Moro condenando Lula, o presidente do TRF-4, Carlos Eduardo Thompson Flores Lenz, menciona seu avô.
Segundo o repórter Luiz Maklouf Carvalho, “o desembargador carrega, feliz, peso da história familiar”.
PUBLICIDADE
Carlos Thompson Flores (1911-2001) foi “indicado [ao STF] pelo general-presidente Costa e Silva nos idos pesados de 1968”, conta Maklouf.
Ele tem “a presença garantida quando se conversa com o neto (que também almeja o Supremo, por que não?) – seja em citações frequentes, seja nas pinturas que adornam as paredes, três dezenas delas, do avô e de muitos outros personagens históricos”.
O site da Corte tem um verbete dedicado a Carlos I:
           Nomeado Ministro do Supremo Tribunal Federal, por decreto de 16 de fevereiro de 1968, do Presidente Costa e Silva, para a vaga deixada pelo Ministro Prado Kelly, tomou posse em 14 do mês subseqüente.
           Tomou posse no cargo de Ministro Substituto no Tribunal Superior Eleitoral: 1º biênio – a partir de 6 de novembro de 1969; 2º biênio – a partir de 29 de março de 1972.
PUBLICIDADE
           Como Ministro efetivo no Tribunal Superior Eleitoral: 1º biênio – a partir de 17 de agosto de 1972; 2º biênio – a partir de 17 de agosto de 1974.
           Eleito Vice-Presidente do Tribunal Superior Eleitoral, para o período de 12 de fevereiro de 1973 a 11 de novembro de 1973.
           Assumiu a Presidência do Tribunal Superior Eleitoral, em 12 de novembro de 1973, exercendo essa função até 11 de novembro de 1975.
           Eleito Vice-Presidente do Supremo Tribunal Federal, para o período de 1975-1976.
           Tomou posse na Presidência do Supremo Tribunal Federal, em 14 de fevereiro de 1977, cargo que exerceu até 14 de fevereiro de 1979.
           Durante sua gestão, foi comemorado o sesquicentenário de criação do Supremo Tribunal de Justiça, antecessor do Supremo Tribunal Federal, em sessão solene realizada em 18 de setembro de 1978, com a presença do Presidente da República, Ernesto Geisel, e as mais altas autoridades da República. Também foi providenciada a remoção para Brasília e a restauração dos móveis que guarneciam o antigo Plenário da Corte, no Rio de Janeiro, e instalado o Museu do STF.
As fotos dessa visita de Geisel ao Supremo, guiada por Carlos Thompson Flores (vestindo a capa preta), estão disponíveis no Centro de Pesquisa da FGV:
http://www.diariodocentrodomundo.com.br/memoria-a-visita-de-geisel-ao-presidente-do-stf-carlos-thompson-flores-avo-do-presidente-do-trf-4/
Share:

0 comentários:

Postar um comentário