6 de mai de 2018

INDIELISBOA – O PROCESSO VENCE NO JÚRI SILVESTRE E NO JÚRI DO PÚBLICO. - Editor - O PROCESSO DEMOCRÁTICO SEMPRE VENCE, POIS O POVO NÃO ESCONDE A SUA CARA.

INDIELISBOA – O PROCESSO VENCE NO JÚRI SILVESTRE E NO JÚRI DO PÚBLICO

O filme "O Processo", de Maria Augusta Ramos, foi vencedor como longa metragem do Júri Silvestre, que mostra obras que rejeitem fórmulas consagradas no cinema, despertando novas linguagens, e do Júri do Público, atribuído pelos espectadores que frequentaram o festival ao longo dos últimos dez dias.
Por Bruno Falci, de Lisboa, e Maíra Santafé
Sobre o filme, podemos ler, na página do festival IndieLisboa, que “Pela sua linguagem cinematográfica, que permite que façamos as nossas próprias observações. Pela sua montagem aberta, que é fluente e elegante. Um drama político contado através da narrativa clássica sem cair no classicismo gramatical e formal. O Processo é um filme sobre a política brasileira que também mostra o processo universal de deslegitimação das instituições republicanas e lança uma nova luz sobre os perigos que ameaçam a democracia contemporânea. Este é um filme sobre as estruturas da vida humana que nunca perde a humanidade e as emoções – um tipo de filme que gostaríamos de ver mais no cinema contemporâneo.”
O Coletivo Andorinha e o Núcleo PT Lisboa estiveram na estreia, animando a plateia com palavras de ordem antes, durante e após a apresentação. A presidenta Dilma parabenizou a cineasta em sua conta no Twitter.
O filme poderá ser visto hoje (6/5), no Cinema São Jorge, às 19h.
#LulaLivre #LulaPresoPolítico #LulaInocente
https://jornalistaslivres.org/2018/05/indielisboa-o-processo-vence-no-juri-silvestre-e-no-juri-do-publico/





















Share:

0 comentários:

Postar um comentário