29 de jan de 2013

Turismo mundial cresce 4% em 2012-Previsões para 2013 ficam abaixo, diz OMT

Presstur 23-01-2013 (14h32)O turismo mundial cresceu 4% em 2012 mas as previsões de crescimento para 2013 vão ficar abaixo desse valor, mas acima dos 2%, diz o secretário-geral da OMT, Taleb Rifai em declarações durante um encontro em Espanha.


O secretário-geral da Organização Mundial do Turismo disse ainda que não se pode falar de um novo modelo de desenvolvimento ou de recuperação sem fazer alusão ao sector do turismo, diz a imprensa espanhola que acrescenta que os números finais do anos serão apresentados na próxima semana, antes da inauguração da FITUR.
Durante o encontro organizado pela Nueva Economía Fórum, o responsável da OMT destacou a recuperação da Ásia, após o terramoto do Japão em 2011, que superou o crescimento da Europa, bem como o bom comportamento da América do Sul, diz a imprensa espanhola.
Na América Latina o responsável destacou os desempenhos do Peru, Colômbia, Brasil e Argentina, onde existe uma classe média emergente, e considera "cruciais" os investimentos espanhóis na região, e que tanto Portugal como Espanha podem ser os maiores beneficiários dos crescimentos naquela região porque são a "porta de entrada" para a Europa de muitos latinos", cita o "Europa Press".
Na Europa Taleb Rifai destacou a região central e de leste como os que tiveram melhor comportamento uma vez que o sul da Europa beneficiou em 2011 de mais de sete milhões de turistas que evitaram os países afectados pela "Primavera Árabe".
Em 2012 o continente africano recuperou turistas internacionais mas ainda está longe dos níveis de 2010, sendo uma região a ter em conta no futuro, e a América do Norte teve crescimentos ligeiros, disse ainda no encontro.
A previsão da OMT é que o turismo mundial cresça a uma média anual de 3,3%, com aumentos entre 40 e 42 milhões de viajantes por ano até 2030.
Durante o encontro Taleb Rifai destacou a incidência do turismo nas economia emergentes, estimando que em 2030, 60% das receitas do turismo mundial irão para países em desenvolvimento, com aumentos anuais que rondarão os 4,4% nestas economias, face aos 2,2% nas economias maduras.
A importância do investimento no turismo como sector resistente e gerador de riqueza voltou a ser vincado, tendo o secretário-geral da OMT destacado o trabalho da China e do governo português que "chamou os seus embaixadores para atrair mais turistas".

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © . ODTUR - Otavio Demasi: Turismo e Políticas Públicas - Posts · Comments
Theme Template by BTDesigner · Powered by Blogger