12 de out de 2013

Jornais Le Monde e Decanter exaltam salto de qualidade do vinho brasileiro. Isso é ótimo para o enoturismo

                            
                        
A publicação de duas matérias em veículos de comunicação de grande relevância na Europa, caso do jornal francês Le Monde e a revista britânica Decanter, comprova o fortalecimento da imagem dos vinhos brasileiros no mercado externo. Enquanto a edição de outubro da revista inglesa Decanter Magazine, referência internacional no segmento de vinhos, traz cinco páginas dedicadas à produção verde-amarela, o Le Monde, principal jornal diário da França, dedicou um caderno especial sobre o tema.


A edição de outubro da revista inglesa Decanter destaca os vinhos brasileiros sugerindo um futuro promissor em curto prazo para o setor, com a realização de grandes eventos esportivos que devem dar projeção aos rótulos verde-amarelos. O jornalista Steven Spurrier visitou as principais regiões vinícolas brasileiras no início do ano, e as descreveu apontando as características de cada terroir, os principais produtos, além de aspectos culturais que envolvem a produção vitivinícola.

Spurrier – responsável pela realização do lendário Julgamento de Paris – revelou estar impressionado com equilíbrio e o charme dos vinhos degustados no país. Ele relatou ter tido contato com rótulos brasileiros em uma feira internacional há alguns anos, mas que, com algumas exceções, não encontrou um panorama relevante. Entretanto, sua opinião mudou após visitar o país este ano. “Eu fiquei tanto impressionado com o presente como excitado com o futuro”, registrou. Por fim, o jornalista enaltece o clima, a diversidade e o frescor dos vinhos e espumantes brasileiros, afirmando ter vivido uma experiência única.

O caderno especial do Le Monde, publicado na edição do dia 17 de setembro, exalta a qualidades dos vinhos brasileiros, especialmente os tintos. O jornalista Nicolas Bourcier aponta grandes investimentos e a produção em propriedades predominantemente familiares como fatores de diferenciação dos vinhos produzidos no país. O jornalista cita, ainda, a hospitalidade do povo brasileiro e características específicas dos diferentes terroirs como itens que valorizam os produtos e os credenciam para competir com os principais centros produtores sul-americanos e europeus. O correspondente chega a afirmar que os vinhos da Serra Gaúcha estão entre os melhores do mundo.

A matéria faz um resgate histórico da atividade vitivinícola na região, desde a chegada dos imigrantes italianos até os dias atuais, com a expansão da produção para outras regiões do país e com a guinada da imagem dos vinhos brasileiros em todo o mundo. Boucier declarou que a Serra Gaúcha, região visitada por ele no mês anterior, “é uma mina de ouro a céu aberto”.

Ambos os jornalistas tiveram suporte de dados e logístico do projeto Wines of Brasil, realizado pelo Instituto Brasileiro do Vinho (Ibravin) em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil).

A matéria da Decanter pode ser acessada na fanpage do Facebook Vinhos do Brasil: www.facebook/vinhosdobr

A íntegra da matéria no Le Monde pode ser acessada no link:
http://www.lemonde.fr/style/article/2013/09/17/rouges-bresil-la-revanche-du-vin_3478610_1575563.html

Assessoria de Imprensa Ibravin
Martha Caus - Cassiano Farina
imprensa@ibravin.org.br
(54) 3039.0096 / (54) 8111.4450


0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © . ODTUR - Otavio Demasi: Turismo e Políticas Públicas - Posts · Comments
Theme Template by BTDesigner · Powered by Blogger