1 de mar de 2014

Grupo de entidades cria Fórum de Turismo de Florianópolis – FORTUR

 Com o objetivo de criar sinergia entre as entidades relacionadas com o turismo em Florianópolis, o poder público e a sociedade a fim de projetar ações de curto, médio e longo prazo para a construção de um novo cenário turístico bom para moradores, profissionais do setor e turistas foi criado o FORTUR – Fórum de Turismo de Florianópolis. Doze entidades — ABAV-SC; ABEOC Brasil – SC; ABIH-SC; ABRASEL; ACATMAR; ACIF; Associação FloripAmanhã; Aquavia Gastronômica; CDL Florianópolis; Floripa Convention; Resorts Brasil e SHRBS — realizaram desde janeiro três encontros para a constituição do Fórum, e anunciam para o próximo dia 07 de março, 14h, no auditório do CDL Florianópolis, uma Oficina de Planejamento onde irão definir as prioridades, bandeiras e ações do Fórum. A FloripAmanhã foi escolhida como coordenadora do FORTUR neste primeiro ano de atividades.“Vamos trabalhar para a integração das entidades visando o fortalecimento do turismo através de ações da sociedade civil organizada, que pretende contribuir com indicação de políticas públicas e de mercado de forma organizada”, afirma a presidente Associação FloripAmanhã e coordenadora do FORTUR, Zena Becker.


 Para o presidente do Floripa Convention, Marco Aurélio Floriani, a Criação do FORTUR marca um novo momento para o turismo da cidade. “É a união das entidades ligadas direta ou indiretamente ao setor do turismo, com um único propósito, pensar, planejar e sugerir para o poder público e para os demais atores, a cidade que gostaríamos de ter e de viver”, analisa. Já o líder do Núcleo de Estudos em Hospitalidade do Instituto Federal de Santa Catarina, Professor Tiago Savi Mondo destaca que a constituição do FORTUR se torna importante para o turismo de Florianópolis por promover o debate sobre o desenvolvimento turístico na cidade, e, além disso, por promover a coesão do trade turístico em prol de uma cidade melhor para se viver. “O turismo nunca deve ser pensado como fim, mas como meio para o desenvolvimento geral da população residente e penso que o FORTUR discute, auxilia e torna a relação público x privada mais produtiva”, afirma Mondo. O evento do “Team Workshop FIFA” é um bom exemplo de como o Fórum pretende atuar. Mesmo em fase de constituição, O FORTUR já funcionou como instância de articulação entre as entidades, facilitou a integração e a participação de todas em parceria com o poder público, com adesão surpreendente para o bem receber dos jornalistas estrangeiros presentes no evento, realizado entre os dias 19 e 21 de fevereiro, no Costão do Santinho, norte da Ilha. O coordenador da Aquavia Gastronômica, Ernesto São Thiago, acrescenta que “um dos grandes problemas de Florianópolis, além da falta de marinas com vagas molhadas e de um terminal de cruzeiros, é a pouca disponibilidade de destinações náuticas, ou seja, locais de interesse que moradores e turistas possam acessar navegando e atracar com segurança: daí a razão de integrar o FORTUR a Aquavia Gastronômica, coletivo empresarial”

.Manifesto de Criação do Fórum de Turismo de Florianópolis As entidades abaixo assinadas, representativas do trade turístico, do setor empresarial e da sociedade civil da capital catarinense, vêm a público constituir o Fórum de Turismo de Florianópolis, com objetivo de articular e criar sinergia entre as entidades ligadas ao turismo, o poder público e a sociedade, a fim de projetar ações de curto, médio e longo prazo para a construção de um novo cenário turístico bom para moradores, profissionais do setor e turistas. O Turismo movimenta R$ 2 bilhões por ano em Santa Catarina, aproximadamente 12,5% do que é gerado no Estado. Gera milhares de empregos na capital e é o setor que melhor distribui renda, beneficiando uma grande massa da população. Com o fortalecimento do setor de eventos, deixou de ser uma atividade exclusivamente sazonal. Muitas conquistas foram obtidas nos últimos anos, como a melhora (ainda insuficiente) em saneamento, rodovias e equipamentos, mas os desafios continuam grandes no abastecimento de água, energia, tratamento de esgoto e mobilidade. Para enfrentar sistematicamente e com planejamento estratégico estes e outros desafios, as entidades ligadas ao turismo em Florianópolis constituem o Fórum de Turismo de Florianópolis, com os seguintes objetivos gerais:• Ser um Fórum permanente de discussão sobre o desenvolvimento de um turismo sustentável e de qualidade.• Pensar e propor a cidade que queremos para viver e receber turistas;• Discutir o planejamento turístico da cidade em conjunto com o poder público;• Propor e acompanhar a implementação de políticas publicas ligadas ao turismo Como ação imediata, as entidades fundadoras do Fórum convocam seus participantes e parceiros para a Oficina de Planejamento do Fórum, onde serão definidas as prioridades, bandeiras e ações de curto, médio e longo prazo para o turismo em Florianópolis. Florianópolis, fevereiro de 2014 ENTIDADES FUNDADORAS DO FORTUR ABAV-SC ABEOC Brasil – SC ABIH-SC ABRASEL ACATMAR ACIF Associação FloripAmanhã Aquavia Gastronômica CDL Florianópolis Floripa Convention Resorts Brasil SHRBS Marco Aurélio Floriani (FCVB), Victor Camargo, Sara Camargo (CDL), Tarcísio Schmitt (SHRBS), Zena Becker (FloripAmanhã), Luciane Camilotti (Setur), Eli Ribeiro (ABAV-SC) e Andrea Alberti (ABRASEL-SC) em coquetel para jornalistas estrangeiros no restaurante Simple.
www.floripamanha.org. - foto divulgacao

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © . ODTUR - Otavio Demasi: Turismo e Políticas Públicas - Posts · Comments
Theme Template by BTDesigner · Powered by Blogger