13 de set de 2015

Montevidéu sedia 5o. Congresso Latino Americano de Enoturismo, uma parceria da Aenotur com a Asociación de Turismo Enológico del Uruguay



Por Rogerio Ruschel (*)

Meu prezado leitor ou leitora, prepare as malas para visitar a simpática Montevidéu, porque entre 17 e 19 de setembro de 2015 na capital uruguaia será realizada a 5a. edição do Congresso Latino Americano de Enoturismo. O evento dá continuidade a uma série de encontros realizados pela Aenotur - em julho In Vino Viajas fez a cobertura completa do 4o. Congresso Internacional de Enoturismo que foi realizado em cidades de Portugal (Viana do Castelo e visitias técnicas a vinicolas de Ponte de Lima, Ponte da Barca, Melgaço e Monção) e da Espanha (Cambados). Na foto abaixo a Bodega Carrau em Cerro Chapéu, Uruguai.

A Associação Internacional de Enoturismo (Aenotur) é formada por municípios e entidades gestoras do turismo vinculados à cultura do vinho e entidades promotoras de rotas do vinho de vários países da Europa e América Latina. E tem dois importantes diferenciais: a troca de experiências proporcionada pela rede de quase 400 cidades representadas e o fato de que países da América Latina não são apenas assistentes, e sim protagonistas na entidade. E este 5o. Congresso Latino Americano de Enoturismo é uma prova disso. Na foto abaixo parte do vinhedo da Bodega Alto de la Bailena.

Os temas a serem abordados nos três dias de trabalhos em Montevidéu incluem:
 Conclusões do 4oCongresso Latino-Americano de Enoturismo
 Demandaa partir de motivações técnicas, econômicas e comerciais
 A experiência do enoturismo no Napa Valley
 Origem do consumidor de Enoturismo
 Preparação do produto com base na demanda
 Formação em Enoturismo
 Como atrair a demanda através de redes sociais
 Painel de países desenvolvidos em turismo
 As políticas governamentais de integração

Estes temas serão abordados por expositores da América Latina e Europa, entre os quais já estão confirmados:
·       Ivane Fávero, Brasil
·       José Arruda, Portugal
·       Jose María Costa, Portugal 
·       Clay Gregory, Estados Unidos 
·       Gail Thornton, Chile 
·       Edgar Leme, Brasil
·       Rogerio Ruschel, Brasil
·       Guillermo Barletta, Argentina
·       Ernesto Barrera, Argentina
·      Carina Valicati, Argentina
·       Romanella Paggi, Argentina 
·       Ricardo Pascale, Uruguay
·       Alvaro Lame, Uruguay 
·       Sebastián Celestino Pérez, Espanha

Acima, a Bodega Spnoglio. In Vino Viajas entrevistou Wilson Torres (foto abaixo), Presidente da Associación de Turismo Enológico del Uruguay – Caminos del Vino, diretor de turismo e eventos da Establecimiento Juanicó, tradicional produtor de vinhos em Canelones e Presidente do Comitê Organizador do Congresso.

Segundo Wilson Torres, “O que o comitê organizador espera é lotar a sala de convenções do Sheraton Hotel Montevidéu; que todos os países envolvidos na atividade de enoturismo estejam presentes e que dentre eles, os países da América do Sul participem maciçamente”. Torres acredita que promoção do turismo ligado à cultura e ao turismo do vinho feita como um trabalho conjunto com outras cidades e outros países da America Latina “vai nos dar a possibilidade de criar uma  verdadeira “Estrada  dos  vinho da América”, nos educar em qualidade de serviços, permitir a criação de manuais de boas práticas com padrões similares, e fundamentalmente facilitar a divulgação de nossas atrações.” Abaixo, um mapa simplificado das regiões vinícolas do Uruguai.

Como dirigente da Associación de Turismo Enológico del Uruguay – Caminos del Vino, Torres aprendeu que “as experiências de uns podem ser valiosas para outros, e que somente com o trabalho coletivo os países da America Latina poderão estabelecer pontes mais profícuas com o mercado europeu”. Sobre o Congresso de setembro, Wilson Torres espera que “as palestras e os palestrantes dividam experiências e conhecimentos que possam ser transmitidas às novas gerações que serão as encarregadas de levar à frente o negócio enoturístico, com a finalidade de se preparar para receber um público cada vez mais conhecedor e exigente.” Torres continua: “E como o Uruguai será o país anfitrião, espero o reconhecimento dos operadores de turismo participantes pela qualidade da proposta enoturística do Uruguai, caraterizada por ser sumamente personalizada, realizada em projetos vinícolas familiares e atendidas majoritariamente por seus próprios donos.” Abaixo, parte do vinhedo da Bodega Garzón.

O 5º Congresso Latino-Americano de Turismo abrirá espaço para apresentações orais de 15 minutos do tipo “Poster” abordando vários aspectos do turismo do vinho tais como  Análise de demandaSatisfação do visitante,organizaçãoServiço de controle de qualidade e comunicaçãoOs resumos de até 500 palavras devem ser enviados para ponencias@enoturismo.com.uy até sexta-feira, dia 14 de Agosto

Saiba mais sobre o evento em http://www.enoturismo.com.uy/index.php

Saiba como foi o 4o. Congresso Internacional de Enoturismo em Portugal -http://invinoviajas.blogspot.com.br/2015/07/aenotur-encerra-o-4o-congresso.html


No Uruguai o vinho é bebida nacional e tem status de alimento - veja emhttp://invinoviajas.blogspot.com.br/2014/06/o-vinho-e-declarado-bebida-nacional-do.html

Uruguai fez georreferenciamento de 100% de sua produção vinícola - veja emhttp://invinoviajas.blogspot.com.br/2014/12/com-o-georreferenciamento-de-100-da.html


(*) Rogerio Ruschel é editor do In Vino Viajas baseado em São Paulo, Brasil, apoia o trabalho da Aneotur porque é importante e necessário e tentará fazer a cobertura do evento em Montevidéu para que você saiba tudo o que aconteceu.

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © . ODTUR - Otavio Demasi: Turismo e Políticas Públicas - Posts · Comments
Theme Template by BTDesigner · Powered by Blogger