22 de jan de 2017

Cidade cinza deve receber exposição de Basquiat, ícone do grafite Editor o video tem o total até a presente data e horário 22;01;17 as 20.38hs 3.808.814 visualizações. O atual prefeito teve 3.085.187 votos, uma diferença de 723.627 visualizações a mais que o votos recebidos. Sr. Júlio Semeghini, Secretário de Governo, tente convence-lo,que grafite é arte e em todo o mundo, ajuda até na atividade do turismo, e a nossa SP fica mais linda.

http://www.redebrasilatual.com.br/entretenimento/2017/01/cidade-cinza-deve-receber-exposicao-de-basquiat-icone-do-graffiti
CONTRAMÃO

Cidade cinza deve receber exposição de Basquiat, ícone do grafite

Ao mesmo tempo em que o atual prefeito de São Paulo, João Doria, apaga os grafites que colorem a cidade, Masp anuncia mostra com o célebre artista novaiorquino
por Redação RBA publicado 22/01/2017 20h08
JEAN-MICHEL BASQUIAT/REPRODUÇÃO
Basquiat
Anúncio da exposição de Basquiat se dá na semana em que João Doria cobre as cores dos muros da capital com cinza
Na última semana, o Museu de Arte de São Paulo anunciou que a instituição receberá, em 2018, uma exposição de um dos grafiteiros mais famosos do mundo: o pintor, poeta e músico Jean-Michel Basquiat. Ao todo, serão expostas 40 obras, entre pinturas e desenhos que têm como tema personagens e histórias africanas. A mostra ocorre 30 anos após a morte do artista, ocorrida em 1988, pouco antes de completar 28 anos, em decorrência de uma overdose.
No final da década de 1970, Jean-Michel Basquiat começou a fazer grafites em prédios abandonados de Manhattan e passou a ganhar mais notoriedade depois que participou da exposição The Times Square Show, em junho de 1980.
O anúncio da exposição se dá exatamente na semana em que o novo prefeito de São Paulo, João Doria, está cobrindo as cores dos muros da cidade com jatos de tinta cinza, numa cruzada indiscriminada contra pichações e grafites, como parte de um programa que o político chama de “Cidade Linda”.
Apesar de a escolha de Basquiat não ter – aparentemente – relação com as ações desta controversa operação, o anúncio da exposição pode ser entendido como um claro recado à Doria e sua equipe: grafite é arte, e se a manifestação é digna de estar em galerias de museus, ela deve, sim, permanecer nos muros colorindo e dando mais vida e beleza à cidade.
A prefeitura paulistana anunciou que deve criar espaços específicos para grafites e desenhos. Além de deixar a cidade ainda mais cinza e asséptica, a nova gestão começa uma luta sem fim contra grafiteiros e pichadores, como bem anuncia a frase espalhada por vários muros da capital: “Eu picho e você pinta. Vamos ver quem tem mais tinta”.
Assista ao vídeo feito por Barbara Goy, que mostra o resultado da operação São Paulo Cidade Linda na Avenida 23 de Maio, muros que eram ícones do graffiti na cidade:
registrado em:    

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © . ODTUR - Otavio Demasi: Turismo e Políticas Públicas - Posts · Comments
Theme Template by BTDesigner · Powered by Blogger