23 de fev de 2017

Em eventos na Câmara, ANFIP defende Previdência Social. Editor - Com o passar do tempo, deputadas (os) federais, vendo o barco do GOLPISTA TEMER DO PMDB, DESPACHANTE DO PSDB, que fica COVARDEMENTE AMOITADO E MAMANDO, e preocupadas (os) com a eleição de 2018, já começam a esboçar sinais de que não seguirão piamente o VENDILHÃO-IMPOSTOR E DITADOR TEMER, até porque a sociedadde brasileira, viu que foi ALTAMENTE MANIPULADA E ENGANADA PELOS GOLPISTAS, que já derrubaram 20 MILHÕES DE EMPREGOS. Está a poucos passos, pelo desespero que toma conta da Nação, os PANELEIROS, OS QUE VESTIRAM A CAMISETA DA SELEÇÃO BRASILEIRA, OS MOVIMENTOS COM TENDENCIAS FASCISTAS, sairem a rua e derrubarem , o que jamais deveria ter existido, que foi o GOLPE NA DEMOCRACIA, não sómente em Dilma Rouseff, mas sobre 206 MILHÕES DE BRASILEIROS. A ECONOMIA LADEIRA ABAIXO, aperta o bolso de todos, até dos mais beneficiados, que dificilmente aguentarão as agruras desse capitalismo selvagem e suicida, que não respeita ninguém. DEMOCRACIA JÁ.

   
Parlamentar - 22/02/2017

Em eventos na Câmara, ANFIP defende Previdência Social

   
Em eventos na Câmara, ANFIP defende Previdência Social
Em mais um dia de trabalho em defesa da Previdência Social, o presidente da ANFIP, Vilson Antonio Romero, e conselheiros da Entidade, participaram de ato público no auditório Nereu Ramos da Câmara dos Deputados, promovido pelo Fórum Interinstitucional em Defesa do Direito do Trabalho e da Previdência (FIDS). Diversos parlamentares estiveram presentes e destacaram a necessidade de se combater a PEC 287/16, da reforma da Previdência.
O Fórum, composto por instituições públicas e privadas, centrais sindicais, confederações, federações, sindicatos, associações, organizações nacionais e internacionais, tem o objetivo de promover a articulação social em torno das propostas legislativas sobre a reforma trabalhista e previdenciária. A ideia é montar, entre outras medidas, uma rede de resistência contra propostas em tramitação no Congresso Nacional que ameaçam os direitos dos trabalhadores.
Bancada - Ainda na Câmara, Romero acompanhou a reunião da bancada do PSB sobre a PEC 287/16. Na oportunidade, o secretário de Previdência Social, Marcelo Caetano, fez a defesa da proposta encaminhada pelo governo. O presidente da ANFIP, na oportunidade, solicitou à líder do partido na Câmara, deputada Teresa Cristina, que a Entidade seja ouvida pela bancada. No último dia 15, conforme informado pela parlamentar, o partido ouviu o diretor do Diap, Antonio Augusto de Queiroz, que criticou a proposta de reforma da Previdência. Segundo ela, após esses debates, a Executiva Nacional se reunirá para oficializar a posição partidária.
Comissão – Vilson Romero também acompanhou a reunião da Comissão Especial destinada a analisar a PEC 287/16, ocasião em que foram aprovadas uma série de requerimentos que solicitavam a realização de audiências públicas para discutir a matéria. Conforme cronograma de trabalho, além das audiências, será organizado um seminário internacional. A ANFIP está entre as entidades que serão ouvidas. 
http://www.anfip.org.br/noticia.php?id_noticia=21386

0 comentários:

Postar um comentário

 
Copyright © . ODTUR - Otavio Demasi: Turismo e Políticas Públicas - Posts · Comments
Theme Template by BTDesigner · Powered by Blogger